terça-feira, 11 de novembro de 2008

O que é Mandato?

O artigo 653, do nosso Código Civil é muito claro ao indicar o significado de Mandato, ao determinar 
"Opera-se o mandato quando alguém recebe de outrem poderes para, em seu nome praticar atos ou administrar interesses. A procuração é o instrumento do mandato."

Indo um pouco mais além, o Código Civil, artigo 656, indica que "o mandato pode ser expresso ou tácito, verbal ou escrito"

No entanto, a outorga do mandato está sujeita à forma exigida por lei para o ato a ser praticado. 

A outorga do mandato está sujeita à forma exigida por lei para o ato a ser praticado. Não se admite mandato verbal quando o ato deva ser celebrado por escrito. (artigo 657, Código Civil).

Se você quiser que apenas eu leia seu comentário clique aqui

34 comentários:

Flá Romani disse...

Boa explicação :)

como sempreeeeeeeeee

Wander Veroni disse...

Oi, Ana!

O que tem de jornalista que não sabe o significado de "mandato" e "mandado"...vou te contar, viu...hehehe. Boa explicação!

Abraço,

=]

-------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

30 e poucos anos. disse...

Completando a informação do Wander...o que vai ter de gente que não sabe o que tácito .... !!!!!

Carlos Eduardo disse...

Tácito: (adj.) 1. Calado, silencioso. 2. Não expresso; implícito. 3. Que se apresenta sem ruído ou que se faz sem rumor. 4. Que, por não ser expresso, se deduz de alguma maneira. 5. Secreto.



explicado, não?
kkkkkkkkk


http://putoanonimo.blogspot.com

Inho disse...

Não sabia que existia artigo para isto, um conhecimento a mais para mim e para quem leu.

Blog do Inho

JDS disse...

Mais uma dose de informação.....

Jacopeba disse...

sempre tive duvida com relação a esse assunto de mandato......
como se aplica, quais ""regalias"", etc.....
........
Muto bom aqui...
bastante informação útil, parabéns......
abraços......

Linha de Consciencia disse...

Vou tentar explicar com meu pobre conhecimento jurídico o que é expresso e tácito pra alguém que por um acaso ler.

São formas de manifestação de vontade. A manifestação tácita ocorre com a anuência silenciosa da parte, esta se presume como no ditado: "Quem cala consente."

Já a declaração de vontade, ou manifestação expressa, podemos dizer que é tudo que não é tácito, a parte exterioriza sua vontade, seja de maneira verbal o escrita, e até por sinais.

Pra quem não tem nenhum conhecimento jurídico esse post foi meio "carregado".

Grande abraço!

P.s.: Consegui liberar os comentários no último post.

Uma certa cecilia disse...

Muito bom teu blog. Muito bom mesmo. Esclarece muita coisa, de maneira simples e direta. Parabéns.

CrápulaMor disse...

É a essência da república, a representação. Eu só acho que esta "representação" deveria sustentar um conjunto de idéias, posicionamentos, prioridades e ideologias claras, compartilhadas pelo político e seus eleitores. Quem faz esta mediação entre as idéias do candidato e o cidadão comum são os partidos que, no Brasil, são muito enfraquecidos, infelizmente.

Amanda Heredia disse...

ótimo!

fogo disse...

adorei o seu site!




http://fogodeletras.blogspot.com/

Dani Uzeda disse...

Ih, adorei seu blog. Dá pra tirar várias dúvidas. Acho mtas das leis péssimas, mal elaboradas, como a de direitos a mulher gestante, que pode apontar o pai, receber beneficios, porem a paternidade só pode ser comprovada após o nascimento. Ui, vai ser bem complicado isso. O q vai ter de gente dando golpe da barriga pra pais desavisados! E depois, como seria esse ressarcimento, caso o pai seja outro? Duvido que "reembolsem". No mais, acho que a lei está mal amarrada, mal pensada e por isto nao deveria ser ainda sancionada. Olha, se eu nao fosse jornalista, talvez fosse advogada. Mas eu fico tão injuriada com tantas coisas, q se fosse advogada ia querer processar o mundo, e ia ficar passada com a morosidade da justiça. nao nao. Pensando bem eu nao poderia ser advogada. hehe. Bjus pra vc

Aline disse...

Ana, a sua explicação foi ótima, tem muita gente que conhece a palavra, mas não sabe o seu real significado.

Adoro o seu blog, sou fã !!!

Beijocas !!!

Alice Daniel disse...

Muito bom ter um blog que explica de forma simples assuntos dentro do Direito

Linha de Consciencia disse...

Ficariamos felicíssimos com um comentário de algum jurista em nosso blog, já que o último post tem reflexos no Direito.

Grande abraço!

victor disse...

Sempre instrutiva e esclarecedora. Abraços

Priscila Gomes disse...

Mais uma vez uma excelente explicação!
Parabéns!
bjs
visite o meu tbm:
http://achomuitacoisa.blogspot.com/

Reginaldo Mercês disse...

Como já disse antes seu blog é muito bom mesmo... muito util.. gostei...
Ha obrigado por ter visitado o blog O poder da escrita, nós os autores de lá ficamos muito contentes... volte mais vezes se puder... bjosss



http://uniaodepalavras.blogspot.com/

joão áquila disse...

legal!
aqui em Sergipe tem candidatos a mandato e/ou para ser mandado

TIAGÃO disse...

agora eu sei, e me confundia tambem!

Surtado disse...

Perfeita informação, explicativa ...
Add seu blog em meus favoritos, informação sompre as leis nunca é demais ...
Abraços,
SURTADO

Markinhos Wylde Hammett disse...

parabens peloo blog tem uma ideia bem legal!!!

pra quem intendee o blog e muito bom!!! euuu too meio por fora desses assuntos mais o blog ta legal


http://sorockeiros.blogspot.com/

LaiSilva disse...

Parabéns pelo blog .

ohshittt disse...

Opa uma otima explicação pra qm não sabia!

ainda mais com nossos amigos completando as informaçoes!

;D

Danilo Cruz disse...

Muito bem explicado. Parabéns :)

amandaedalete disse...

Bem esclarecedor :D

All3X disse...

Muito do mundo jurídico encontra-se aqui.
Valeu,

Ellen Regina - facetasdemim disse...

é como um mandato político, né?

Diego disse...

HUmmm ótima explicação...eu precisava de um "mandato" também rsrsr

Beijoss

Fábio Nilton disse...

Boa tarde,

Ana,

Gostei muito da sua explicação,
Fábio Nilton.
At.:

Príncipe Encantado disse...

Com certeza duvidas foram exclarecidas.
Abraços forte

Dani disse...

Ótimo post.
As pessoas tem o hábito de confundir mandato com mandado e este post foi muito esclarecedor e simples.
Abraços

LISON disse...

SAUDAÇÕES!
AMIGA,
Gostei muito de seu esclarecimento!
Em havendo possibilidades, poderias fazer um texto sobre forma tácita, mais abrangente. Sempre tive muita curiosidade de saber, por exemplo, o que é divida tácita.
Parabéns pelo excelente Post!
Abraços!LISON.