quinta-feira, 23 de julho de 2009

Condomínio Edilício - Tempo de permanência do sídico na administração -

Qual o prazo que uma pessoa pode permanecer como síndico, na administração de um condomínio, em um prédio residencial ou comercial?



O prazo de permanência do síndico à frente da administração do condomínio é de 02 (dois) anos, podendo ser renovado, conforme previsão na convenção do condomínio.
O nosso Código Civil determina com clareza no artigo 1.347:
"A assembléia escolherá um síndico, que poderá não ser condômino, para administrar o condomínio, por prazo não superior a 2 (dois) anos, o qual poderá renovar-se."

Clique aqui para visitar o site da Advogada Ana Lucia Nicolau

29 comentários:

kikinhah disse...

Eu graças a Deus não moro em prédio ou condomínio, mas morei muitos anos e lidar com síndicos não é fácil...
BjOs

kikinhah disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabricio bezerra da guia disse...

Ainda bem q eu moro em casa propria,esse negoço de sindico em condomminio da muita confusão

Felipe disse...

Bem, ter alguém no comando de suas contas não deve ser uma experiencia muito boa. Uma pessoa que praticamente vigia seus passos no prédio e etc. Graças a Deus que não moro em prédio... Prefiro minha casinha!

http://cerebro-musical.blogspot.com

Marcelo Ribeiro disse...

Ainda bem que moro em casa própria. Mas para quem mora em condomínio, é bom saber.

Adm. Marcelo Leite disse...

Bom saber.
Mas acho que síndico deveria ter muito mais conhecimento em administração, ou então, até formação, pois tem síndicos que não sabem nada hehe
bom dia.

Cecilia S disse...

Concordo com o Marcelo. Infelizmente o síndico do meu prédio é uma senhora que fica cuidando da vida dos outros ao invés de focar em problemas administrativos.

palavras ao vento disse...

eu ja morei em predio e e complicado esse storia de sindico...todos reclamam mas ninguem quer assumir...eee...sorte que hj estou em uma casa rsrsrs....;

dominiomarinho disse...

Fico feliz que tenha gostado do meu blog, volte sempre que tiver vontade xD

Quanto ao post, eu não moro em prédio... ainda... mas sei que morarei algum dia...

plaidy disse...

Existe tudo na Lei, é bom saber. Se ele não for bom, 2 anos é um bom tempo.

danisiinha disse...

tambem garças a deus moro em residencia ..porque esse negocio de sindico é um problema quase sempre... legal o post!

PanPum Flûor disse...

pois aqui nao se faz essa lei --'

eu achoq é tambem por que ninguem quer ser, mas é peso, o meu predio
tem poucos moradores
e um dos é o sindico e apesar de tudo
ele nao paga condominio .-.


e fica mais caro pra a gente, tres dos apartamentos é do meu pai .-. e so tem 7 apartamentos ocupados ate agora
ai a pessoa se da mal pra caramba, pra pagar um condominio, enquanto o sidico fica de boa e nao faz nada --'

Vini e Carol disse...

Moro em casa, gostaria de morar em apartamneto um dia, mas sem condominio, sem sindico, sem problemas, como uma casa (um sonho né?), quem sabe até lá não seja tudo menos complicado, menos burocracia, mais respeito entre vizinhos, quem sabe. =)

Beijos, Carol

LReporta disse...

Mas não há nada que regule a quantidade de vezes que o síndico pode ser reeleito? Pode ser indefinidamente se a convencao do cond. permitir?

Pedro Amaral disse...

desculpa, não estava conseguindo comenta, mas tah a minha visita

arash gitzcam disse...

Dois anos é um bom prazo.

Marco Sistinne disse...

Olá Ana Lucia, jamais pensei que fosse seguir um blog voltado aos operadores do direito assim como nós.
Mas gostei bastante das informações aqui colocadas ... No que se refere a Condomínio, existe um livro de uma professora da PUCsp que se chama "Revolucionando o Condomínio" (não me lembro a autora pois está emprestado) que é muito bom. Abraços, bom final de semana, Marco

Elizabete Mattos disse...

Oi Ana.Eu sou advogada da União récem aposentada (jan 2009) e gostei muito do conteúdo do seu blog que com certeza vai ajudar muita gente. Eu tento, dentro do possível, manter-me atualizada. Parabéns!!!!Bjs

Eh disse...

Esqueci. Já estou te seguindo.

Dani disse...

Postagem Muito útil!
Parábens pelo blog!

Marton Olympio disse...

Concluo que no caso do síndico profissional seja o mesmo, não?

abs!

Marcus Batalha disse...

Bem, eu mesmo não moro em apartamento, mas minha noiva mora e sei bem que é um sufoco esse negócio de síndico. No papel, funciona que é uma maravilha, mas na real...

Sucesso!

Tiago Dadazio disse...

EU JA MOREI..DERAM MUITOS PROBLEMAS...

Gabriel disse...

Ufa, que alivio, ainda bem que não moro em condominio, eu estava pensando em ir pra um, mas vou pensar melhor!!!!!

Bruno R.Ramos disse...

Aí uma grande questão que não se resolve facilmente. O síndico pode ajudar como também favorecer o surgimento de problemas no condomínio. Sem muitas liberalidades, mas também sem rigor excessivo. Os condôminos tem seus direitos, pois que cumpram o que é devido... Aí a coisa flui.

Flá Romani... disse...

Olha eu aqui de novo.... ah to te seguindo no Twitter ^^

bjs

Flá Romani... disse...

Eu moro em prédio....... seu blog sempre tirando dúvidas ^^

Rogerio Martins disse...

Este é um assunto complexo, pois vai além da questão jurídica... na prática envolve relações humanas.

Já morei em um prédio onde o síndico tinha uma postura totalmente inadequada e foi complicado conseguir mudar isso.

Abraço...

Inez disse...

Interessantes, não sabia que o prazo por lei é de somente 2 anos.