domingo, 6 de abril de 2014

O pródigo pode ser interditado?



Primeiramente, é importante destacar que pródigo é o indivíduo que gasta de forma imoderada, desperdiçando seus bens, podendo inclusive, comprometer seu patrimônio.
O pródigo, com base no Código Civil, artigo 1.767-V, está sujeito a curatela, ou seja, é possível ocorrer a declaração de incapacidade do pródigo, para a prática de determinados  atos da vida civil.

”A interdição do pródigo só o privará de, sem curador, emprestar, transigir, dar quitação, alienar, hipotecar, demandar ou ser demandado, e praticar, em geral, os atos que não sejam de mera administração” - Artigo 1.782, do Código Civil.

Clique aqui para visitar o site da Advogada Ana Lucia Nicolau

2 comentários:

Rosangela A. Santos disse...

Olá, estava lendo as suas postagem e deparei nessa e me surgiu uma duvida. Quando uma pessoa está doente ao ponto de não conseguir decidir por nada é necessário pedi Interdição ou a mãe, esposa ou parente mais próximo pode responder sem pedir interdição? Cada vez mais adoro o seu blog.

Ana Lucia Nicolau disse...

Oi Rosangela, nesse caso é sempre necessária a interdição, ninguém fala em nome de outra pessoa sem procuração ou autorização judicial.
abçs